Fale conosco pelo WhatsApp

Endoscopia: Cuidados antes e depois

Imagem meramente ilustrativa (Banco de imagens: Shutterstock)

Por:

Publicado em 09/04/2021

Seguir as recomendações antes e depois da endoscopia garante um preparo adequado para condução do exame e mais segurança ao paciente

A endoscopia é um exame diagnóstico solicitado quando é necessário realizar investigações no trato superior do sistema digestivo, incluindo esôfago, estômago e início do duodeno. Para realização do exame, se introduz um aparelho pela boca do paciente. O dispositivo conta com iluminação própria e uma câmera para captação das imagens em alta definição.

É fundamental que o paciente compreenda os cuidados antes e depois da endoscopia, pois o preparo para realização do exame é fundamental para garantir um bom e seguro procedimento.

Endoscopia antes e depois: cuidados, sintomas e recomendações

Muitos pacientes têm receio da endoscopia, mas trata-se de um exame rápido e realizado com sedação venosa, de forma que o paciente adormece e não sente nenhum desconforto durante a execução do procedimento, e anestesia aplicada localmente na garganta para evitar náuseas durante o procedimento.

A seguir apresentamos as recomendações que devem ser seguidas antes e depois da endoscopia, garantindo tanto uma preparação adequada, como o retorno às atividades com segurança.

Recomendações antes da endoscopia

As indicações antes da endoscopia podem variar de acordo com a clínica e as especificidades do caso. No entanto, algumas práticas são recorrentes nos atendimentos, como:

  • Fazer uma dieta leve: no dia anterior ao procedimento, recomenda-se que o paciente se alimente bem, mas com uma dieta leve, evitando alimentos difíceis de digerir, como lacticínios integrais, grãos inteiros, carne vermelha, frituras ou pratos com molhos gordurosos;
  • Jejum de sólidos: entre os principais cuidados no preparativo para endoscopia está o jejum de alimentos sólidos e pastosos, que deve ser feito por 8 horas antes do procedimento, possibilitando que o estômago esteja vazio e limpo no momento do exame para uma boa visualização das paredes do trato digestivo;
  • Jejum de líquidos: o jejum de água pode variar de acordo com as orientações da clínica, mas normalmente solicita-se que o paciente não consuma água nas 4 horas antes do procedimento. Outras bebidas como leite e sucos devem ser evitadas por 8 horas. Bebidas alcóolicas devem ser suspensas desde a véspera;
  • Suspensão de medicamentos: após seu agendamento, o médico fará orientações específicas sobre o uso de medicamentos. Em geral, a maior parte das medicações devem ser mantidas, desde que tomadas com pequena quantidade de água. Remédios para afinar o sangue ou medicações para diabetes normalmente são brevemente suspensas antes do procedimento;
  • Não pintar as unhas: deve-se encaminhar à clínica para endoscopia sem uso de esmalte nas unhas, pois o produto prejudica o monitoramento dos níveis de oxigenação sanguínea durante a sedação;
  • Acompanhante: é fundamental que o paciente tenha um acompanhante maior de idade para auxiliá-lo após o exame, uma vez que os efeitos da anestesia podem incluir sonolência, falta de concentração e confusão mental.

A duração média de uma endoscopia é cerca de 10 minutos, sendo que as instruções para a recuperação do exame devem ser informadas antes, devido às restrições do paciente após a técnica.

Cuidados após a endoscopia

Terminada a endoscopia, o paciente é mantido em observação entre 10 e 30 minutos para recuperar-se dos efeitos da anestesia e da sedação. Ainda assim, a sonolência e confusão mental leve podem perdurar por até 8 horas.

Por conta desses efeitos, o paciente deve ter um acompanhante e, em nenhuma situação, dirigir após a realização do exame ou realizar atividades que demandam concentração. Da mesma forma, deve-se evitar bebidas alcoólicas no dia que realizou o exame devido sua interação ruim com os sedativos utilizados.

Alguns incômodos comuns após a endoscopia incluem irritação na garganta, sensação de gases na barriga devido à introdução de ar no estômago para melhorar a visualização e fraqueza.

A alimentação pode voltar ao normal logo após o procedimento, mas recomenda-se optar por alimentos leves para não causar enjoo ou desconforto no estômago. Os medicamentos também podem ser retomados, caso não haja orientações explícitas no sentido contrário.

Com os cuidados da endoscopia antes e depois, as chances de complicações são mínimas, no entanto, o paciente deve encaminhar-se ao médico imediatamente caso apresente sintomas como febre, dor no tórax, falta de ar, fezes escurecidas, vômito e dificuldade na deglutição.

As recomendações antes e depois da endoscopia são fundamentais para o paciente preparar-se corretamente para realização do exame e ter uma recuperação mais apropriada.

Fontes:

Clínica Gastro RP.

Marque agora o seu exame.
Ou preencha o formulário e em breve, entraremos em contato.
Mais informações: (16) 3636-3902 | (16) 3604-3922

    Cuidar bem de você é nossa
    principal especialidade

    PARA MAIS INFORMAÇÕES ENTRE EM CONTATO